Aguarde

Novos tempos pedem novas propostas e soluções.
Inclusão, currículos adaptados, atividades diferenciadas são a tônica do trabalho atual do professor que precisa atender individualmente todos os seus alunos.
E se você encontrasse numa só pesquisa, uma variedade de atividades sobre o mesmo tema, em diferentes níveis de aprofundamento?
Vem aí, os NOVOS DISCOS VIRTUAIS...
Aguarde!

Mostrando postagens com marcador Páscoa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Páscoa. Mostrar todas as postagens

PAIS E MÃES - patinhas de coelho

Coelhinho vai passar por aí?
Que deixar as pegadas dele pela casa no domingo de manhã e aumentar a alegria das crianças no recebimento dos presentes de Páscoa?
Em cada folha sao 10 pegadas para recortar. Você pode simplesmente coloca-las no chão ou cobrir com contact e afixa-las ao chão.

ARTES- borda de ovos de Páscoa

A borda está já num documento de word, para utiliza-la abra o documento, insira uma caixa de texto para digitar o conteudo que voce quer ou cole a atividade  acima da borda e ajuste para que fique certinho.

DATAS COMEMORATIVAS - uma historia de Páscoa


Narrador – Quando vai chegando a Páscoa, as crianças vão pensando em ovos de chocolate, bombons...
Grupo de crianças faz uma rodinha falando: Queremos ovinhos! Queremos ovinhos!

Narrador – Mas o que ninguém sabe é que os coelhinhos começam a pensar em cenouras coloridas, nessa época.

Grupo de coelhos pulando: Queremos cenoura! Queremos cenoura!
Narrador – Joãozinho era um menino muito esperto e vivia perguntando ao papai:
Joãozinho – Eu vou ganhar muitos ovinhos?

Papai – Claro que sim, Joãozinho.

Narrador – E lá no fundo do bosque o coelho Dudu também vivia perguntando ao papai.
Dudu – Eu vou ganhar muitas cenourinhas?
Papai coelho – Claro que sim, Dudu.
Narrador – No domingo de Páscoa Joãozinho pulou da cama bem cedo, escovou os dentes, tomou café da manhã e rapidinho foi para o jardim procurar os ovos de chocolate que o coelhinho trouxe para ele. Procurou, procurou, procurou e não achou nada.
Enquanto isso, lá no bosque, Dudu também acordou bem cedo, se espreguiçou, escovou seus dentes de coelho, tomou seu café da manhã e foi procurar as cenourinhas que o menino de Páscoa havia deixado pra ele. Procurou, procurou, procurou e nada. Até que de repente os dois se encontraram. E ficaram muito felizes. O menino corria pelo jardim atrás do coelho e o coelho corria no jardim atrás do menino. Os dois se abraçaram e o menino disse:

Joãozinho – Bom dia coelho!
Dudu – Bom dia menino!
Narrador – O menino perguntou pro coelho:

Joãozinho – Ué, você não trouxe os ovos?

Narrador – E o coelho falou pro menino:

Dudu – Ué, você não trouxe as cenouras?

Narrador – E os dois ficaram tristes, indo cada um pra sua casa. Joãozinho chegou em casa, sentou-se no chão e ficou pensativo. Seu pai, vendo aquela tristeza, perguntou:

Papai – O que aconteceu?

Narrador – E o menino contou tudo o que tinha acontecido e no final falou assim:

Joãozinho – Eu fiquei com pena do coelhinho. Ele queria umas cenouras coloridas.

Papai – Vamos dar um jeito.

Narrador – Enquanto isso na casa do Dudu, o papai coelho queria saber porque ele estava triste. Dudu contou tudo o que aconteceu para o papai e falou assim:
Dudu – Eu fiquei com pena do menino. Ele queria uns ovinhos de chocolate.
Papai coelho – Vamos dar um jeito.
Então os papais voltaram com cestas cheias. O do Joãozinho voltou com uma cesta cheia de cenouras coloridas e o do Dudu com uma cesta cheia de ovos de chocolate. Joãozinho foi até o jardim e começou a esconder os ovinhos. Tudo com muito cuidado para o coelhinho não ver. Ia ser uma surpresa. Do outro lado do jardim, Dudu escondia os ovos de chocolate, também com muito cuidado para o menino não ver. Ia ser uma surpresa. Eles voltavam pra casa um pouco alegres e um pouco tristes. Um pouco tristes porque não ganharam nada e um pouco alegres porque iam fazer um amigo feliz.. E foi no caminho de volta que viram algo diferente. Primeiro o Joãozinho encontrou.

Joãozinho – Oba! Ovos de chocolate!!

Narrador – Depois foi o Dudu.
Dudu – Oba! Cenourinhas coloridas!
Narrador – Os dois ficaram muito felizes e tiveram uma excelente Páscoa.



Páscoa- produção de texto simples

Produção de texto bem simples para essa semana de Páscoa onde já se está havendo tantas comemorações na escola e não se terá tanto tempo de trabalho efetivo com os conteudos programáticos:

Texto Uma historia de Pascoa

Uma história de Páscoa
Narrador – Quando vai chegando a Páscoa, as crianças vão pensando em ovos de chocolate, bombons...
Grupo de crianças faz uma rodinha falando: Queremos ovinhos! Queremos ovinhos!
Narrador – Mas o que ninguém sabe é que os coelhinhos começam a pensar em cenouras coloridas, nessa época.
Grupo de coelhos pulando: Queremos cenoura! Queremos cenoura!
Narrador – Joãozinho era um menino muito esperto e vivia perguntando ao papai:

Joãozinho – Eu vou ganhar muitos ovinhos?

Papai – Claro que sim, Joãozinho.
Narrador – E lá no fundo do bosque o coelho Dudu também vivia perguntando ao papai.

Dudu – Eu vou ganhar muitas cenourinhas?

Papai coelho – Claro que sim, Dudu.
Narrador – No domingo de Páscoa Joãozinho pulou da cama bem cedo, escovou os dentes, tomou café da manhã e rapidinho foi para o jardim procurar os ovos de chocolate que o coelhinho trouxe para ele. Procurou, procurou, procurou e não achou nada.
Enquanto isso, lá no bosque, Dudu também acordou bem cedo, se espreguiçou, escovou seus dentes de coelho, tomou seu café da manhã e foi procurar as cenourinhas que o menino de Páscoa havia deixado pra ele. Procurou, procurou, procurou e nada. Até que de repente os dois se encontraram. E ficaram muito felizes. O menino corria pelo jardim atrás do coelho e o coelho corria no jardim atrás do menino. Os dois se abraçaram e o menino disse:
Joãozinho – Bom dia coelho!

Dudu – Bom dia menino!

Narrador – O menino perguntou pro coelho:

Joãozinho – Ué, você não trouxe os ovos?

Narrador – E o coelho falou pro menino:

Dudu – Ué, você não trouxe as cenouras?
Narrador – E os dois ficaram tristes, indo cada um pra sua casa. Joãozinho chegou em casa, sentou-se no chão e ficou pensativo. Seu pai, vendo aquela tristeza, perguntou:

Papai – O que aconteceu?

Narrador – E o menino contou tudo o que tinha acontecido e no final falou assim:

Joãozinho – Eu fiquei com pena do coelhinho. Ele queria umas cenouras coloridas.

Papai – Vamos dar um jeito.

Narrador – Enquanto isso na casa do Dudu, o papai coelho queria saber porque ele estava triste. Dudu contou tudo o que aconteceu para o papai e falou assim:

Dudu – Eu fiquei com pena do menino. Ele queria uns ovinhos de chocolate.

Papai coelho – Vamos dar um jeito.
Então os papais voltaram com cestas cheias. O do Joãozinho voltou com uma cesta cheia de cenouras coloridas e o do Dudu com uma cesta cheia de ovos de chocolate. Joãozinho foi até o jardim e começou a esconder os ovinhos. Tudo com muito cuidado para o coelhinho não ver. Ia ser uma surpresa. Do outro lado do jardim, Dudu escondia os ovos de chocolate, também com muito cuidado para o menino não ver. Ia ser uma surpresa. Eles voltavam pra casa um pouco alegres e um pouco tristes. Um pouco tristes porque não ganharam nada e um pouco alegres porque iam fazer um amigo feliz.. E foi no caminho de volta que viram algo diferente. Primeiro o Joãozinho encontrou.
Joãozinho – Oba! Ovos de chocolate!!
Narrador – Depois foi o Dudu.
Dudu – Oba! Cenourinhas coloridas!
Narrador – Os dois ficaram muito felizes e tiveram uma excelente Páscoa.

Páscoa - modelo de cesta

Eu comprei essa cestinha de Páscoa hoje, achei super interessante e estou postando as fotos aqui.
Assim que possível, postarei os moldes:






A cesta é feita em EVA com base sextavada branca e seis coelhos coloridos que se encaixam nas mãos e pés. Eu particularmente achei uma gracinha e original. Bem diferente de tudo que já tinha visto!

Páscoa- texto informativo para professores

A Páscoa é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu, até sua ressurreição, quando seu espírito e seu corpo foram reunificados. É o dia santo mais importante da religião cristã, quando as pessoas vão às igrejas e participam de cerimônias religiosas.


Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica. É uma das mais importantes festas do calendário judaico, que é celebrada por 8 dias e comemora o êxodo dos israelitas do Egito durante o reinado do faraó Ramsés II, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.

No português, como em muitas outras línguas, a palavra Páscoa origina-se do hebraico Pessach. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.



Assim se escreve "Feliz Páscoa" em diferentes idiomas:



A festa tradicional associa a imagem do coelho, um símbolo de fertilidade, e ovos pintados com cores brilhantes, representando a luz solar, dados como presentes. A origem do símbolo do coelho vem do fato de que os coelhos são notáveis por sua capacidade de reprodução. Como a Páscoa é ressurreição, é renascimento, nada melhor do que coelhos, para simbolizar a fertilidade!




Vamos ver agora como surgiu o chocolate...

Quem sabe o que é "Theobroma"? Pois este é o nome dado pelos gregos ao "alimento dos deuses", o chocolate. "Theobroma cacao" é o nome científico dessa gostosura chamada chocolate. Quem o batizou assim foi o botânico sueco Linneu, em 1753.

Mas foi com os Maias e os Astecas que essa história toda começou. O chocolate era considerado sagrado por essas duas civilizações, tal qual o ouro.Na Europa chegou por volta do século XVI, tornando rapidamente popular aquela mistura de sementes de cacau torradas e trituradas, depois juntada com água, mel e farinha. Vale lembrar que o chocolate foi consumido, em grande parte de sua história, apenas como uma bebida.

Em meados do século XVI, acreditava-se que, além de possuir poderes afrodisíacos, o chocolate dava poder e vigor aos que o bebiam. Por isso, era reservado apenas aos governantes e soldados.

Aliás, além de afrodisíaco, o chocolate já foi considerado um pecado, remédio, ora sagrado, ora alimento profano. Os astecas chegaram a usá-lo como moeda, tal o valor que o alimento possuía.

Chega o século XX, e os bombons e os ovos de Páscoa são criados, como mais uma forma de estabelecer de vez o consumo do chocolate no mundo inteiro. É tradicionalmente um presente recheado de significados. E não é só gostoso, como altamente nutritivo, um rico complemento e repositor de energia. Não é aconselhável, porém, consumí-lo isoladamente. Mas é um rico complemento e repositor de energia.



E o coelho?

A tradição do coelho da Páscoa foi trazida à América por imigrantes alemães em meados de 1700. O coelhinho visitava as crianças, escondendo os ovos coloridos que elas teriam de encontrar na manhã de Páscoa.

Uma outra lenda conta que uma mulher pobre coloriu alguns ovos e os escondeu em um ninho para dá-los a seus filhos como presente de Páscoa. Quando as crianças descobriram o ninho, um grande coelho passou correndo. Espalhou-se então a história de que o coelho é que trouxe os ovos. A mais pura verdade, alguém duvida?

No antigo Egito, o coelho simbolizava o nascimento e a nova vida. Alguns povos da Antigüidade o consideravam o símbolo da Lua. É possível que ele se tenha tornado símbolo pascal devido ao fato de a Lua determinar a data da Páscoa.

Mas o certo mesmo é que a origem da imagem do coelho na Páscoa está na fertililidade que os coelhos possuem. Geram grandes ninhadas!



Mas por que a Páscoa nunca cai no mesmo dia todo ano?

O dia da Páscoa é o primeiro domingo depois da Lua Cheia que ocorre no dia ou depois de 21 março (a data do equinócio). Entretanto, a data da Lua Cheia não é a real, mas a definida nas Tabelas Eclesiásticas. (A igreja, para obter consistência na data da Páscoa decidiu, no Conselho de Nicea em 325 d.C, definir a Páscoa relacionada a uma Lua imaginária - conhecida como a "lua eclesiástica").

A Quarta-Feira de Cinzas ocorre 46 dias antes da Páscoa, e portanto a Terça-Feira de Carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa. Esse é o período da quaresma, que começa na quarta-feira de cinzas.

Com esta definição, a data da Páscoa pode ser determinada sem grande conhecimento astronômico. Mas a seqüência de datas varia de ano para ano, sendo no mínimo em 22 de março e no máximo em 24 de abril, transformando a Páscoa numa festa "móvel".

De fato, a seqüência exata de datas da Páscoa repete-se aproximadamente em 5.700.000 anos no nosso calendário Gregoriano.

Para os curiosos, olha aí as datas da Páscoa até o ano de 2010:



2000 - 23 de abril

2001 - 15 de abril

2002 - 31 de março

2003 - 20 de abril

2004 - 11 de abril

2005 - 27 de março

2006 - 16 de abril

2007 - 08 de abril

2008 - 23 de março

2009 - 12 de abril

2010 - 04 de abril


Desenhos para colorir- Páscoa

Desenhos em documentos de word, prontinhos para impressão tamanho folha A4 inteira.
Baixe no link ao final da postagem:






Historia para leitura - A fábrica de ovos de Páscoa

A FÁBRICA DE OVOS DE PÁSCOA


Quando bateu meio-dia no relógio da fábrica de chocolate, os coelhos pararam o trabalho. Era hora do almoço. Foram todos para o refeitório comentando sobre a produção de ovos. Um dizia que estava atrasada, outro achava que estava até adiantada e que os ovos seriam entregue antes da data marcada.



Depois do almoço retornaram ao trabalho. Religaram as máquinas e a principal, um tacho enorme que distribuía o chocolate derretido pelas fôrmas, não funcionou. Foi um alvoroço. E agora? Chamaram o coelho mecânico para reparar o defeito. Ele chegou e, com os óculos na ponta do nariz, franziu as sobrancelhas e fez “hum...hum”.



- Qual é o defeito? Perguntou o coelho Záz-Trás, chefe da fábrica.



- Quebrou a peça que faz girar o tacho e não temos outra no almoxarifado para substituí-la. – respondeu o mecânico.



- Então a entrega dos ovos de páscoa será atrasada. Isso não pode acontecer. Meu Deus! Que decepção para as crianças! – dizia, andando pra lá e pra cá, o coelho chefe.



A notícia se espalhou pelo mundo dos bichos. Todos correram até a fábrica para oferecer ajuda. Outra peça, para fazer o tacho funcionar, só depois da Páscoa. Os bichos se reuniram para, juntos, encontrarem a solução do problema.



- Que tal escolher os bichos mais fortes para fazer girar o tacho gigante? – propôs o macaco Lelé.



- É mesmo! Boa idéia, Lelé! – exclamou uma coruja pousada no galho da árvore sob a qual a reunião acontecia. E continuando ela disse:



- Vejam, esses bichos fortes farão o trabalho da peça danificada. Será um pouco mais lento, mas é melhor que ficar todo mundo parado. Concordam?



- Aprovado, Sarita! Você é uma coruja muito sábia. – disse o coelho Zás-trás, andando pra lá e pra cá com as duas patinhas da frente nos bolsos do macacão.



- E que bichos são esses? – perguntou a avestruz Maricota, pondo as asas na cintura e abanando o rabo.



- Ora, bolas! Os elefantes! Quem mais poderia ser? – era o leão Jubinha quem falava com sua voz de trovão.



A proposta foi posta em votação sendo aprovada por unanimidade. Quem iria falar com o rei dos elefantes? E se era para falar com um rei, que tal um outro rei? E os bichos elegeram Jubinha o seu representante. O leão, acompanhado do seu exército, partiu para o território dos elefantes. Eles não podiam parar nem para comer senão a Páscoa ficaria sem os tradicionais ovos de chocolate.



Chegaram com o sol se escondendo no horizonte para dar lugar às estrelas e lua cheia.



- Quem vem lá? – perguntou o elefante vigia dos portões do reino dos elefantes.



- É Jubinha, o rei dos leões. Preciso falar com o rei Trombino! É um assunto urgente. – respondeu o leão rei.



O vigia deixou seu posto e sumiu na escuridão. Minutos depois ele voltou e abriu o portão mandando que Jubinha entrasse com sua comitiva, acompanhando-os até a presença do enorme elefante marrom com uma coroa de marfim na cabeça.



- Que traz aqui o meu amigo rei Jubinha das terras dos leões vermelhos? – perguntou alegre o rei Trombino.



- Majestade, um sério problema está acontecendo e os coelhos estão precisando da nossa ajuda. Da ajuda de todos. Por isso eu estou aqui.



E relatou o problema ao rei Trombino, sentado no enorme trono de ouro e marfim. Depois que Jubinha terminou de falar, o rei deu a ordem:



- Que se apresente o general das tropas terrestres!

E apareceu um elefante fortíssimo com as presas de marfim brilhantes curvadas para dentro. Tinha, realmente, um porte de general de potente exército.



- Meu caro general Eléfa, quero que escolha os melhores dos melhores soldados da tropa para uma missão importantíssima. – ordenou o rei Trombino.



- Majestade, que missão é esta? – perguntou curioso o general.



- Vamos ajudar a salvar a Páscoa das crianças. – respondeu o rei contando tudo ao general Eléfa.



Feita a escolha dos soldados, partiram para a fábrica de ovos lá no coração da floresta de chocolate. Chegaram e logo em seguida pegaram no trabalho pesado. Ninguém reclamava. Os outros bichos se revezavam entre embalar e colocar nas caixas a produção de ovos.



Os coelhos não sabiam como agradecer aos companheiros tanta solidariedade. Mas eles sabiam que cada ovo representava um ato de amor dos bichos pela raça humana.



- Ora, deixem os agradecimentos para as crianças. Aqueles sorrisos e aqueles gritinhos são as gratificações que esperamos. Nós estamos muito felizes em poder ajudar.Poder fazer a nossa parte neste nosso mundinho. Embora sejamos bichos imaginários e ainda por cima de chocolate, temos sentimentos. – disse o general Eléfa piscando o olho para Jubinha e, aproveitando a saída da fôrma de um ovo de bom tamanho, pegou-o com a tromba e, glub..., o engoliu rapidamente.



- E assim foi salva, naquele ano, a Páscoa das crianças pelos bichos que pensavam como gente e tinham atitudes de gente.



- Vovó, então esta história aconteceu na floresta de chocolate? – perguntou o menino para a sua avó.



- Sim, meu filho! Na páscoa tudo é de chocolate, até as histórias. – respondeu sorrindo a vovó que terminou a narrativa dizendo:



- Feliz Páscoa a todos e, em especial, para as crianças. Que elas cresçam felizes e solidárias como os bichos desta história e, como eles, façam a sua parte no mundo para que ele seja melhor. Que elas saibam que estão nos planos de Deus para fazer da Terra um paraíso.
Maria Hilda de Jesus Alão



Dramatização - A Páscoa do coelhinho cinza

A Páscoa do Coelhinho Cinza


(Qual é o Verdadeiro Significado da Páscoa?)

Personagens: Coelhinho Cinza,Vovô Coelho,Comissão da páscoa (três coelhos)

Cena 1

Vovô Coelho e Coelhinho Cinza estão brincando num canto. Coelhinho Cinza tenta responder as adivinhações feitas pelo Vovô Coelho.

Coelhinho Cinza

Mais uma Vovô! Diz mais uma!

Vovô Coelho

Deixa eu ver se eu me lembro... Na minha idade a memória não ajuda... Ah, já sei! O que é, o que é: tem orelha de Coelho, rabo de coelho e não é coelho?

Coelhinho Cinza

Ah, Vovô, essa é fácil! O que tem orelha de coelho, rabo de coelho e não é um coelho? Todo mundo sabe essa!

Vovô Coelho

Ah, Coelhinho Cinza! Você sabe mesmo?

Coelhinho Cinza

(Perguntando para a platéia) Vocês sabem essa? O que tem orelha de coelho, rabo de coelho e não é um coelho? (Espera a resposta da platéia por um tempo e depois fala para o avô e para a platéia) É... uma coelha!

Vovô Coelho

Ah, Coelhinho Cinza! Você é muito esperto! Um dia vai ser um "Coelho da Páscoa"!

Coelhinho Cinza

Pergunta outra vovô!

Vovô Coelho

Essa eu quero ver: O que é, o que é: o que está no meio do ovo?

Coelhinho Cinza

(Fala para a platéia) Alguém sabe essa? (Espera a resposta da platéia por um tempo)... é a letra "v"!

Vovô Coelho

Muito bem, muito bem!

Vovô Coelho e Coelhinho Cinza podem fazer novas perguntas à platéia, "adivinhas" relacionadas a coelhos ou ovos ou páscoa.

Coelhinho Cinza

Vovô Coelho, será que eles vão me selecionar para o teste de "Coelho da Páscoa"?

Vovô Coelho

Claro, a qualquer momento vão bater à porta e vão chamar você!

Coelhinho Cinza

Verdade?

Vovô Coelho

Claro!

A campainha toca ou batem a porta, Vovô Coelho vai atender

Coelhinho Cinza

Ai, que aflição! Será que é a carta me convocando para o teste de "Coelho da Páscoa"?

Vovô Coelho volta com uma carta na mão

Vovô Coelho

Carta para o Sr. Coelhinho Cinza, urgente!

Coelhinho Cinza

Meu nome é "Coelhinho Cinza", e não "Coelhinho Cinza Urgente"!

Vovô Coelho

Ah, ah, ah! Esse meu neto!

Coelhinho Cinza

Leia para mim, vovô!

Vovô Coelho abre a carta e lê.

Vovô Coelho

(Lendo a carta) Prezado Coelhinho Cinza: você foi pré-selecionado para o teste de "Coelho da Páscoa" deste ano. Esta tarefa é muito importante e para ser escolhido precisa realizar um teste e responder qual é o verdadeiro significado da Páscoa para você. Compareça à comissão de Páscoa para realizar o teste e, quem sabe, ser aprovado. Boa sorte!

Coelhinho Cinza

Puxa vida! Como vou responder isso! Eu não sei o verdadeiro significado da Páscoa!

Vovô Coelho

Você vai ter de pesquisar e estudar sobre esse assunto!

Coelhinho Cinza

O que é "pesquisar"?

Vovô Coelho

Ora, é procurar as respostas ao que se quer saber!

Coelhinho Cinza

Procurar? Onde?

Vovô Coelho

Em todo lugar! Depende da pesquisa: pode ser em livros, pode ser em jornais, revistas ou ouvindo um programa no rádio ou na televisão... Até na Internet! Pode ser entrevistando quem conhece o assunto, por exemplo...

Coelhinho Cinza

Então vou pesquisar! Tchau, Vovô Coelho!

Coelhinho Cinza abraça o avô e sai correndo.



Coelhinho Cinza (sai correndo.Vou pesquisar na biblioteca! Tchau!

pega um dicionário e pesquisa)



Está na hora de encontrar a comissão de Páscoa e eu ainda não sei o verdadeiro significado! Aqui diz várias coisas, olhem só: (pega o livro e lê) 1- Antigamente, a Páscoa tinha o significado de libertação; 2- Páscoa, na língua hebraica é "pessach", que significa "passagem"; 3 - Festa em que se distribuem ovos. 4- Ressureição de Jesus Cristo; 5- Também, antigamente, a festa teve sua origem na volta da Primavera... 6-...

Coelhinho Cinza

Puxa! (Vira-se para a platéia e pergunta um a um a quantos espectadores quiser, alunos, colegas, professores) Qual é o verdadeiro significado da Páscoa para você?

Entram os coelhos da "Comissão de Páscoa", são 3 coelhos ao todo, O Coelho Sábio, Coelha Rosa e Coelho Azul.

Coelho Sábio

Você é o Coelhinho Cinza, não é?

Coelhinho Cinza

Sim, vim preparado para o teste, mas...

Coelho Sábio

Eu sou o Coelho Sábio, Esta é a Coelha Rosa e este é o Coelho Azul.

Todos cumprimentam Coelhinho Cinza com aperto de mãos

Coelhinho Cinza

(Começa a chorar) Eu... eu não sei a resposta, não vou poder fazer o teste!

Eles confortam Coelhinho Cinza.

Coelha Rosa

Calma! Não se preocupe, só viemos entregar uma coisa a você!

Coelho Azul

Queremos dar uma chave para você!

Coelho Sábio

Com essa chave, você aprenderá muito!

Coelhinho Cinza

(Parando de chorar) Eu... eu vou conseguir descobrir a resposta com essa chave? É uma chave mágica?

Coelha Rosa

Não! É apenas a chave do depósito de ovos de páscoa! Viemos entregar a você! Cada um de nós da comissão recolhe os ovos e guarda eles em uma caixa de cada cor no depósito de ovos de páscoa.

Coelho Azul

Todo "Coelho de Páscoa" deve mostrar que é responsável e capaz de guardar os ovos da Páscoa!

Coelho Sábio

Com essa chave, você será responsável pelos ovos de Páscoa de todo mundo! Se mostrar que pode cuidar deles, estará pronto para responder o teste sobre o verdadeiro significado da Páscoa!

Coelhinho Cinza

E se eu não consegui descobrir? Eu sou o primeiro coelho de cor cinza a fazer o teste!

Coelha Rosa

Não se preocupe, quando for o momento certo, você vai saber a resposta!

Coelho Azul

Todos nós já passamos por isso!

Coelho Sábio

Você vai conseguir, não se preocupe!

Todos os coelhos saem, Coelhinho Cinza fica só. Olha para a chave pensativamente.

Coelhinho Cinza

(Preocupado) Puxa, quanta responsabilidade! Espero que nada aconteça com os ovos, ou eu vou perder minha chance de ser um "Coelhinho da Páscoa"!

Coelhinho Cinza permanece em cena com a chave ( Se houver alguma música suave para colocar na apresentação deste texto, este é um bom momento).

Coelhinho Cinza

Eu quero me tornar um "Coelhinho da Páscoa"! Melhor é eu ir cuidar dos ovos, ver se eles estão bem guardados.

A comissão de Páscoa (Coelha Rosa, Coelho Azul e Coelho Sábio) entram correndo e gritando.

Comissão de Páscoa

Os ovos desapareceram! Os ovos desapareceram!

Coelho Cinza

Não fui eu que perdi os ovos! Eu nem cheguei perto do depósito! Ah, não! Eu devia ter ido lá, cuidar deles, e agora tudo está perdido! Eu era o responsável pelos ovos! (começa a chorar) A páscoa de todo mundo está perdida! Tudo culpa minha! Só porque eu sou diferente, sou um coelho de cor cinza tudo é diferente para mim!

Coelhinho Cinza sai correndo.

Comissão de Páscoa

Espere, Coelhinho Cinza! Não fuja!

Coelho Sábio

Vamos atrás dele! Precisamos interrogar aquele coelhinho!

Todos saem de cena.

Vovô Coelho entra em cena, tranqüilo. Logo depois Coelhinho Cinza entra em cena correndo.

Coelhinho Cinza

Vovô! Vovô! Socorro! Os ovos sumiram! Eu deixei os ovos sumirem!

Vovô Coelho

O que foi, meu neto? O que está acontecendo? Por que você está tão nervoso?

Coelhinho Cinza

A comissão... Eles... me deram uma chave... Os ovos sumiram! Eu deixei os ovos sumirem!

Vovô Coelho

Espere, explique isso direito... Você fez alguma coisa errada?

Coelhinho Cinza

(furioso) Não, mas eu sou um coelho cinza! Um coelho cinza não pode ser "Coelho da Páscoa"! Estou com muita raiva! Quero acabar com tudo se os ovos aparecessem agora eu mesmo sumiria com eles!

Vovô Coelho

Vamos com calma. Não diga bobagens, você é um ótimo coelho e a cor do pelo não é motivo para ficar se menosprezando. Você é muito responsável, você sempre cuida de mim! Além disso é muito inteligente, vai descobrir o que aconteceu com os ovos! Você deve ser como sempre foi, não deixe a tristeza e a raiva invadirem seu coração. Você é um bom coelhinho!

Coelhinho Cinza

Acha mesmo?

Vovô Coelho

Você fugiu deles?

Coelhinho Cinza

Fiquei com medo que eles pensassem que eu era o culpado de tudo... porque eu sou diferente dos outros coelhos.

Vovô Coelho

Não se preocupe, tudo vai se resolver. Vamos procurar a Comissão de Páscoa e descobrir o que aconteceu. Os ovos não podem sumir, só eles têm a chave, além de você. Vamos procurar a Comissão... e explicar-lhes que …A comemoração da Páscoa remonta das antigas festas de final do frio e escuro inverno e chegada da primavera. Em que isto poderia estar relacionado com o verdadeiro significado da Páscoa e o sumiço dos ovos?

Coelho Cinza

A Páscoa ainda é uma festa, esta é a relação, mas, para mim, pessoalmente, o fato de ser apenas um Coelhinho Cinza e poder passar a ser o "Coelho da Páscoa", também está relacionado com a passagem da escuridão para a luz, do crescimento de flores, de plantas brotando... isto tudo está relacionado ao meu crescimento, também, portanto não peguei ovos nenhum!

Comissão da páscoa

Que linda resposta! Mas confesso que eu já esperava por ela! Confio totalmente em sua capacidade para ser um "Coelho da Páscoa"!

Coelhinho Cinza

Obrigado!

A Páscoa, para os cristãos, está ligada a ressurreição de Jesus Cristo. O que isto significa para você?

Coelhinho Cinza

Eu estava indo para o caminho errado, meu coração estava no frio e na escuridão. Percebo que no meu coração, fui, por alguns instantes, mau e quis ser vingativo e acabar com tudo. Ao libertar meu coração do medo, da dor e da mágoa, fiz renascer em mim a fé e a bondade que deve mover todas as pessoas. É assim que eu vejo o significado da Páscoa para mim: o renascimento de um Coelhinho Cinza para o bem!

Coelhinho Cinza

Esperem, não acabei! Não foi só isso: descobri novos significados! Também descobri que tenho muitos amigos e a família que podem me ajudar e que a Páscoa pode ter o significado de reencontro! E descobri também que adoro dar presentes e que a Páscoa pode significar bondade! Reencontro, Amizade, Bondade, Renascimento, Passagem... cada vez descubro novos significados para mim!

Comissão da Páscoa

Parabéns! Mas, para você... qual é o verdadeiro significado?

Coelhinho Cinza

Tudo isso significa que... que... Significa que todos os significados são verdadeiros! Mesmo que isso inclua a alegria de dividir ovos de chocolate entre as crianças!

Todos

Viva o Coelhinho Cinza! Viva o "Coelho da Páscoa"!

Todos começam a cantar uma canção de páscoa

Coelhinho da páscoa o que trazes pra mim, um ovo, dois ovos, três ovos assim…

Autor Victor Sant'Anna Textos

Retirado da Internet

Artes-Páscoa - carinha de coelho e copinho decorado

Atividades artísticas para a Páscoa:
*copinho decorado para balinhas e jujubas
*carinha de coelho para pirulito
*desenho para colorir em documento de word, folha inteira
*musicas de Páscoa
*sete erros